MS ganha quase 120 mil eleitores em quatro anos
Por Guilherme Correia

Com 118.523 eleitores a mais neste ano, o número de pessoas aptas a votarem em 2022 cresceu cerca de 6,3% desde as eleições de 2018, em Mato Grosso do Sul. Em outubro, serão escolhidos deputados estaduais e federais, senadores, governadores e o próximo presidente da República.

Até o fim de junho, segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), são 1.996.505 pessoas com o título de eleitor em dia. No último pleito, havia 1.877.982, quantidade aproximadamente 3% maior que a de 2014 (1.818.937).
Neste ano, as mulheres representam a maior parte do eleitorado, cerca de 52,4%, enquanto os homens são aproximadamente 47,6%.
Em relação à educação formal, o maior grupo é o de pessoas com Ensino Fundamental incompleto (25,7%), seguidos pelas pessoas com Ensino Médio completo (22,5%). A faixa com mais escolaridade é o dos que têm Ensino Superior completo (13,8%) e incompleto (7%). Por fim, cerca de 3,7% são analfabetos e 6,4% apenas leem ou escrevem.
Idade – Os jovens de 16 e 17 anos são 1,4% do eleitorado sul-mato-grossense. Esta faixa etária não tem voto obrigatório. As maiores faixas etárias são as de pessoas com 25 a 34 anos (21%) e 35 a 44 anos (20,6%). Já os idosos acima dos 70 anos, que também não são obrigados a votar,  representam 8,3% do eleitorado.

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: