Inmet alerta para chuvas intensas com risco de granizo em Campo Grande e mais 58 cidades de MS

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu alerta com risco de chuvas intensas para quarta-feira (12) em Mato Grosso do Sul. Praticamente todo o estado, incluindo Campo Grande e mais 58 dos 79 municípios, pode ser atingido, conforme a previsão, até às 11 horas da manhã de quinta-feira.

Há possibilidade chuva entre 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros ao dia, ventos intensos de 40 a 60 quilômetros por hora, com risco de queda de granizo. Por outro lado, é baixo risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos.

Devem ser atingidos Vicentina, Três Lagoas, Terenos, Taquarussu, Tacuru, Sidrolândia, Sete Quedas, São Gabriel do Oeste, Santa Rita do Parto, Rio Verde de Mato Grosso do Su, Rio Negro, Rochedo, Rio Brilhante, Ribas do Rio Pardo, Ponta Porã, Paranhos, Paraíso das Águas, Novo Horizonte do Sul, Nova Andradina, Nova Alvorada do Sul, Nioaque, Naviraí, Mundo Novo, Maracaju, Laguna Carapã, Juti, Jateí, Jardim, Jaraguari, Japorã, Ivinhema, Itaquiraí, Itaporã, Inocência, Iguatemi, Guia Lopes da Laguna, Glória de Dourados, Figueirão, Fátima do Sul, Eldorado, Dourados, Douradina, Dois Irmãos do Buriti, Deodápolis, Costa Rica, Coronel Sapucaia, Corguinho, Chapadão do Sul, Campo Grande, Camapuã, Caarapó, Brasilândia, Bela Vista, Batayporã, Bataguassu, Bandeirantes, Aral Moreira, Aquidauana.

Para Campo Grande, a tarde desta quarta-feira deve ser de muitas nuvens com possibilidade de chuva. A mínima será de 23°C com máxima de 30°C, com umidade entre 90% e 55%. O Inmet alerta que, em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada. Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Midiamax

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: