Focando na reciclagem e preservação ambiental, Prefeitura de Maracaju reúne-se com “Recicleiros Cidades” Foto Noticia Principal Grande
Na última quinta-feira 12-05, a Prefeitura de Maracaju através do Prefeito Marcos Calderan e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, recepcionou o Sr. Cezar Augusto, Coordenador de Implantações do “Instituto Recicleiros” que cumpriu em uma visita técnica no município.

Tal ação, trata-se de uma das últimas etapas de um processo de seleção que objetiva contemplar Maracaju com um programa de apoio técnico e fomento financeiro à coleta seletiva municipal e a organização de catadores do município.

O município de Maracaju após ter aderido ao edital do programa Recicleiros Cidades e estar em processo avançado de seleção através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, busca atender a vários critérios e requisitos do programa, demonstrando-se apto a receber esse importante projeto que certamente trará muitos benefícios para a cidade, ampliando significativamente a coleta seletiva no município, estruturando a organização da Associação de Catadores Recicla Maracaju, além de dar todo o apoio em capacitação e administrativo para a organização.” Destacou o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Agadir Mossmann

O Instituto Recicleiros é uma organização da sociedade civil (OSC), reconhecida como entidade ambientalista. Atua como Agente Integrador entre prefeituras, empresas e catadores, atendendo à Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010) e ao Marco Legal do Saneamento Básico (Lei 14.026/2020), capacitando as prefeituras para que elas elaborem e implementem suas políticas públicas para a coleta seletiva e reciclagem.

De acordo com o Prefeito Marcos Calderan, cada vez mais objetiva-se qualificar e capacitar os separadores de resíduos e estarem aptos para as inovações do mercado e esta parceria consolida a preocupação do município em diminuir e até mesmo extinguir o descarte irregular de resíduos sólidos.

Atualmente temos que focar na consolidação que o que chamamos de lixo, trata-se de um resíduo que pode gerar renda para as pessoas e ao mesmo tempo, evita-se o descarte na natureza, não há como pensar em Maracaju, tanto na atualidade, quanto no futuro, sem separarmos o chamado resíduo sólido, aquele alvo de reciclagem do orgânico, restos de comida e outros derivados, isto é respeitar o ambiente e valorizar as gerações futuras.” Explicou Marcos Calderan.

O Instituto Recicleiros ainda trabalha com a incubação de cooperativas (operação, administração e gestão) visando capacitar catadores e catadoras de material reciclável para que se qualifiquem como empreendedores coletivos organizados em cooperativas e conquistem a emancipação sustentável de seus empreendimentos.
O Instituto Recicleiros está alinhado às estratégias da política global da Agenda 2030, para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Autor:Tiago S. Rodrigues DRT 1785/MS – Assessor de Comunicação Responsável

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: