Governador confirma intenção de não disputar cargo eletivo neste ano

Três semanas antes do prazo final para desincompatibilizar do cargo, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) confirmou que não tem pretensão de disputar as eleições em outubro. Este é seu último ano de mandato, após 7 anos a frente do comando do Estado.

 “Vamos cumprir o mandato até o dia 31 de dezembro. Não tem essa possibilidade de disputar de nenhum cargo eletivo. Não é minha pretensão”, afirmou. Desta forma ele ficará fora da vida pública a partir do dia 1º janeiro do ano que vem.

Azambuja fará campanha para seu sucessor do partido, o pré-candidato Eduardo Riedel. Muitos questionavam se o governador fosse tentar a vaga de deputado federal ou Senado. Mas tudo encaminha para a aposentadoria. Ele está hoje com 58 anos e fará aniversário no dia 13 de maio.

Nos bastidores o projeto continua sendo dar o apoio a ministra Tereza Cristina para disputar a única vaga de senadora deste ano. Ela vai deixar o cargo no final deste mês e então entrará na pré-campanha no Estado, sendo a cabeça de chapa na futura candidatura de Riedel.

“Temos muita simpatia pela candidatura do Eduardo e da Tereza. Isso vai ser possível ser construído não pelo governador, mas pelas pessoas que querem o bem e gostam de Mato Grosso do Sul e querem que eles possam ser eleitos para desempenhar um bom papel tanto no executivo quanto no legislativo”, conclui Azambuja.
Midiamax

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: