Homem é morto na frente da namorada poucos dias depois de sair de presídio

Os pistoleiros voltaram a matar em plena luz do dia na tarde desta quarta-feira (26) na fronteira do Paraguai com Mato Grosso do Sul. Gilberto González Acosta, 37, foi executado com vários tiros de pistola 9 milímetros.

Acosta tinha saído há poucos dias da Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero, cidade separada por uma rua de Ponta Porã (a 313 km de Campo Grande).

Segundo o comissário Carlos Miguel López Russo, da Polícia Nacional, os matadores chegaram ao local em um Toyota preto com placa do Brasil. Gilberto tomava tereré com a namorada em frente à casa dela, no bairro San Gerardo.

O homem estava em uma cadeira de fio e não teve tempo nem de se levantar. Ele foi alvejado com vários tiros na cabeça e morreu sentado, com a cuia de tereré sobre a cadeira, entre suas pernas. Gilberto González Acosta tinha antecedentes por tráfico de drogas e era suspeito de participação em homicídio.

Campo Grande News

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: