Autorização de início de obras da construção da ponte sobre o Rio Paraguai em Porto Murtinho

Sem a presença do presidente Jair Bolsonaro (PL), o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) participou do evento que marcou o lançamento da pedra fundamental do início das obras da ponte da Rota Bioceânica, que ligará o município de Porto Murtinho, que fica localizado a 439 quilômetros de Campo Grande, a Carmelo Peralta, no Paraguai.

Na solenidade desta segunda-feira (17), o governo afirmou que os presidente brasileiro e paraguaio, Mario Abdo Benítez, entraram para a história dos dois países, bem como do continente.

“Esse é um sonho de todos nós, tanto para lado paraguaio, bem como o lado brasileiro da fronteira. É uma pena que o presidente Bolsonaro não pode comparecer ao ato. Porém, queria cumprimentar o presidente Abdo e estender os parabéns pela iniciativa. Vocês irão marcar os nomes na história na integração do nosso continente. Essa ligação representa uma redenção do Centro-Oeste, pois é a região do nosso País que mais produz”, exaltou Reinaldo.

O Governador ainda avaliou que os dois países ganham com o encurtamento na rota de transporte da produção.

“Em relação ao benefício paraguaio, nós também somos importadores de produtos e, esse fato, trará diversos benefícios à região do Alto Paraguai, bem como para o nosso Estado. O melhor benefício, para ambos os lados, é a queda no custo do transporte. Esse fato favorecerá o produto brasileiro, bem como aqueles paraguaios. Seremos uma das regiões mais competitivas do mundo”, avaliou Reinaldo.

O presidente brasileiro ficou impedido de ir até o evento devido ao mau tempo que estava em Bonito. Ele foi obrigado a pousar em Campo Grande, onde aguardou abertura de teto para dar início ao voo.

A previsão inicial era a comitiva presidencial ir até o município turístico de avião e de lá pegar um helicóptero até Carmelo Peralta. Porém, como não foi possível, o presidente decidiu visitar o (CMO) Comando Militar do Oeste e o Mercado da Capital (Mercado Municipal Antônio Valente).

Acompanharamm o governador na agenda os secretários Eduardo Riedel (Infraestrutura), Eduardo Rocha (Governo e Gestão Estratégica), Jaime Verruck (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e Antônio Carlos Videira (Justiça e Segurança Pública), além dos deputados estaduais Paulo Corrêa e João Henrique Catan. –

Campo Grande News

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: