“Produtor é o maior ambientalista do País”, afirma Tereza Cristina em seminário

A atividade pecuária tem sido apontada como uma das grandes responsáveis pela emissão de gases de efeito estufa, diretamente relacionados às mudanças climáticas em todo o mundo. Autoridades de Mato Grosso do Sul ligadas ao do agronegócio participam nesta quinta-feira (25), em Campo Grande, do “Seminário de Negócios de Carbono e Sustentabilidade” para debater assuntos ligados a preservação ambiental e estratégias para diminuir o carbono lançado na atmosfera.

Na abertura do encontro, que será realizado durante todo o dia, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, garantiu que o produtor brasileiro é um dos maiores defensores do meio ambiente e que desmatamento ilegal é o grande problema enfrentado no País.

 

Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina (Foto: Kísie Ainoã)
“Nosso produtor é o maior ambientalista desse País. Está passando da hora de resolver o pagamento pelos serviços ambientais, temos que resolver o problema do desmatamento ilegal, tem que ser zero”, afirmou a titular do Mapa.

Na oportunidade a ministra aproveitou para destacar o Plano ABC do Governo Federal, que reforça compromissos para minimizar os efeitos das mudanças climáticas de 2021 a 2030. De acordo com Tereza, cerca de 72 milhões hectares em todo o Brasil serão integradas com o uso de tecnologias sustentáveis de produção.

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja enfatizou que é preciso produzir produzir cada vez mais, garantindo a sustentabilidade e a preservação ambiental e que a preocupação com as condições climáticas é um dever de toda a sociedade. “São eixos e plataformas de ações para gente crescer com sustentabilidade, e o seminário serve para gente avançar em políticas públicas, parcerias com a iniciativa privada, conversão de crédito de carbono para os produtores que deixarem a floresta em pé e que recuperarem as áreas degradadas. Isso tudo por parte do governo em parceria e engajamento de toda a sociedade”.

Campo Grande News

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: