Moradores de Bandeirantes voltam às urnas em nova eleição para prefeito neste domingo

As eleições suplementares para prefeito acontecem neste domingo (7) em Bandeirantes, a 68 km de Campo Grande. A eleição é realizada porque Álvaro Urt (DEM), reeleito em novembro do ano passado, estava com o mandato cassado. O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) definiu a data do pleito.

“A eleição ocorre em razão da decisão proferida pelo TRE-MS, e confirmada pelo Tribunal Superior Eleitoral, em Recurso Especial Eleitoral, que negou provimento ao recurso, mantendo indeferido o registro de candidatura de Álvaro Nackle Urt ao cargo de prefeito do município de Bandeirantes nas eleições de 2020, tornando assim definitiva a anulação dos votos obtidos pela chapa por ele integrada”, informou o Tribunal.

Na eleição deste domingo (7), concorrem o prefeito interino Gustavo Sprotte (DEM) e Gideane da Rocha (PTB) como vice, Celso Abrantes (PSD) e Welton Borges (PT) como vice, Zulene Diniz (PSBD) e Marcelo Abdo (MDB) como vice, e Milane Paiva (PSC) e Valbinho (PDT) como vice. Abdo ficou em segundo lugar nas eleições e chegou a acionar a Justiça para recontagem dos votos, mas não obteve êxito.

Conforme o calendário, de 1 a 7 de outubro foram realizadas as convenções partidárias e o registro das candidaturas foi feito até o dia 10 do mesmo mês. No dia 11, começaram as propagandas eleitorais, que terminaram no dia 4 de novembro. Neste domingo (7) é dia de eleição. No dia 12, termina o prazo para prestação de contas e, se não houver irregularidades, a diplomação será no dia 26 de novembro e a posse no dia 27.

Midiamax

(Colaborou Renan Nucci)

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: