Mais um: policial é executado a tiros por pistoleiros na fronteira

Um policial identificado inicialmente como Hugo Ronaldo Acosta foi executado a tiros por pistoleiros no início da noite desta terça-feira (12), na cidade de Pedro Juan Caballero, cidade fronteiriça com Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul.

Segundo detalhes, o caso aconteceu no bairro San Juan Neuman, nas proximidades do Terminal Rodoviário da cidade paraguaia.

O carro em que estava Acosta foi cercado pelos criminosos que dispararam pelo menos 100 vezes contra ele e o carro. O policial não resistiu e morreu no veículo, onde foram encontradas várias cápsulas deflagradas de armas de vários calibres.

A família da vítima estava no local, mas não quiseram comentar o caso de primeiro momento com a imprensa paraguaia.

Uma pessoa que estava ao redor do carro da vítima tentou furtar a arma do policial, mas foi detida por demais militares no local.

Policiais paraguaios ainda aguardam a chegada da Perícia técnica para iniciar as investigações.

Conforme informações de veículos de comunicação do Paraguai, o carro usado pelos criminosos foi abandonado e incendiado a alguns metros de distância do local do crime.

A linha de fronteira vive um cenário de terror nos últimos dias. Em menos de uma semana, pelo menos cinco pessoas foram assassinadas, entre elas, duas estudantes brasileiras mortas por criminosos no último sábado (9).

 

Campo Grande News

Foto: Policial paraguaio foi morto a tiros – Crédito: Reprodução/Radio Império FM

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: