anuncio
Prefeitura protocola Projeto de Lei para criar Programa Municipal de Habitação em Maracaju.

Foi protocolado na manhã desta terça-feira (03), o Projeto de lei que cria o Programa Municipal de Habitação “Morar Bem”. O Projeto tem como objetivo diminuir o déficit habitacional do município, melhorando assim a habitabilidade e regularizando a situação fundiária.

Os critérios de seleção para o Programa “Morar Bem”, bem como o atendimento das demandas devem iniciar ainda este ano. “Ainda estamos traçando todas as estratégias para que este programa saia do papel, mas ter o “Morar Bem” protocolado já é um grande passo. Mais de 4 mil famílias estão inscritas nos programas habitacionais do município, precisamos encarar esta realidade, e executar ações que possam atender aqueles que realmente necessitam. Nosso objetivo é reduzir o déficit habitacional, regularizar a situação fundiária e proporcionar uma qualidade de vida melhor para a nossa população”, disse o Prefeito, Marcos Calderan.

O déficit habitacional em Maracaju é de mais de 4 mil moradias. Para solucionar o problema, o Prefeito Marcos Calderan, está realizando parcerias com o Governo do Estado, através do Programa “Lote Urbanizado”. O Projeto prevê que o município seja responsável pela doação do terreno, o Estado constrói as bases de uma residência, e o morador contemplado se responsabiliza pela finalização da construção do imóvel em até dois anos.

Outra ação da Prefeitura é retomar o Programa “Meu Cantinho”, que foi criado na gestão do Ex-Prefeito de Maracaju, e atual Governador, Reinaldo Azambuja. O projeto tem como intuito a substituição de moradia precária, e beneficia famílias que já tem um terreno, mas precisam aumentar a residência.

Estiveram presentes na reunião: Secretário de Governo, Frederico Felini; Presidente da Câmara Municipal, Robert Ziemann; e os Vereadores: Gustavo Veterinário, Rener Barbosa, Vilmar da Era do Gelo, Hélio Albarello, Jeferson Lopes, Nenê da Vista Alegre.

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: