Demonstrando a força e união do agro, Projeto Nacional Agro do Bem entrega 48 cestas básicas para a Associação Maracajuense de Apoio a Pacientes com Câncer

Em um projeto nacional, intitulado Agro do Bem, contando em Maracaju com o apoio de diversos parceiros como empresários, empresas, produtores e amigos do agronegócio, arrecadou-se cestas de alimentos para atender entidades que auxiliam famílias em situação de vulnerabilidade, entre os parceiros esta a Secretaria de Assistência Social do município, através da Primeira-Dama Meire Calderan e também da Secretária Dirlene Novais que tem auxiliado na escolha das entidades que estão recebendo o aporte das cestas básicas arrecadadas pela campanha.

Toda a ação foi abraçada em Maracaju por Johanna Christianini, Esposa de Mauro Christianini, um dos proprietários da empresa Boa Vista Comércio de Produtos Agropecuários, produtor rural e Vice-Prefeito do município, bem como Roberta Corrêa e Carolina Giusepe, que visam integrar o agronegócio, destaque da economia local, estadual e nacional as causas sociais da cidade.

Na manhã desta sexta-feira 04-06 a quantidade de 48 cestas foi destinada a AMAPC – Associação Maracajuense de Apoio a Pacientes com Câncer, atendendo consequentemente 48 famílias assistidas pela entidade e que tem um membro passando por tratamento da doença, tais cestas foram recebidas pela Assistente Social Elis Marina e serão encaminhadas para as famílias o quanto antes.

“Queremos agradecer e enaltecer este Projeto Agro do Bem, encabeçado pela Dona Johanna, Roberta Corrêa e Carolina Giusepe e apoiado pela Primeira-Dama Meire Calderan, parabenizar nossos produtores rurais em nome do Sr. Mauro Christianini que tem se preocupado com as causas sociais, enquanto AMAPC, destinaremos as cestas aos nossos assistidos que, certamente, terão um auxílio maior, principalmente agora neste período de agravamento da pandemia.” Explicou.
Foram também destinadas 101 cestas de alimentos a APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Maracaju, 104 cestas para famílias cadastradas na Escolinha de Futebol Franco Resende e 50 cestas a Igreja Batista Filadélfia.

Entre os parceiros estão a Sol Nutrição Animal, Fazenda Nova, BASF, Carvalho Assessoria Pecuária, Fazenda Rio Branco, Sindi Mais, Fazenda Aracy, Marca Rancho Nelore Mocho, Fazenda Vista Alta, Fazenda Serenata, Fazenda Tabuleiro, Conexão Agrícola, Cultivar, ADAMA, Fazenda Retiro do Brilhante, Forseed, Grupo Água Tirada, Boa Vista – Uma Empresa AgroGalaxy, Farmasíntese, Agripon, Nelore JMP, Grupo Uzeika e Estância Maracaju.

Sobre o Projeto Agro do Bem

O projeto foi criado por um grupo de mulheres do agro de vários estados do Brasil, com o objetivo de arrecadar alimentos, produtos de limpeza, higiene pessoal, roupas e utensílios para doação às famílias em estado de vulnerabilidade.

O movimento, que iniciou há pouco tempo, já ganhou abrangência nacional e, mais uma vez, o agro comprova a força que tem. Estas mulheres têm trabalhado incansavelmente para que as doações sejam destinadas às organizações e às famílias que sofrem os impactos da pandemia. Para chegar até as famílias mais distantes, empresas e instituições estão se unindo ao projeto para captação de apoiadores em todas as regiões do Brasil.

Entre os chamados “Semeadores do Bem” estão a Campo Musical, Terra Viva, Remate Web, programa Leilões, Certrim, Fundação Cultural e Boa Fé.
Ben Hur Salomão Teixeira

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: