Maracaju: Primeiro final de semana com Novo Decreto é marcado por aglomerações clandestinas e aumento dos casos de Covid-19

O Primeiro final de semana do novo decreto municipal foi marcado por aumento de novos casos, óbitos de Covid-19, e de aglomerações clandestinas. Várias denúncias foram feitas, numa delas uma reunião com cerca de 9 nove pessoas foi interrompida pela Polícia Militar.

A denúncia foi feita pelo número 190, numa casa na Inacinha Rocha. No local foi constada a aglomeração, os envolvidos estavam ingerindo bebida alcoólica e com som alto. O proprietário da residência foi multado em R$ 2.251,00 (100 UFMs). O caso foi encaminhado para a polícia civil do município e pode se tornar um inquérito policial.

O novo decreto municipal entrou em vigor na última quinta-feira (27). Dentre as novas medidas para conter a pandemia da Covid-19, fica expressamente proibida a aglomeração em locais públicos ou privado de Maracaju, sob pena de multa. É considerado aglomeração junção em residência de mais de cinco pessoas, além, das que moram no local.

Durante o final de semana foram registrados 124 novos casos e 03 novos óbitos de Covid-19 em Maracaju. O Prefeito Marcos Calderan faz um apelo, para que todas as pessoas respeitam o novo decreto. “Estamos passando por um momento muito delicado, recorde de internações e intubação. Nunca tivemos um número tão alto. Essa é a terceira e pior onda, então o momento é de muita seriedade. O apelo que deixamos é que as pessoas se cuidem, se isolem, mantenham o distanciamento social, respeitem as normas de biossegurança, estes cuidados podem preservar vidas”.

Denúncias de aglomerações podem ser feitas pelos telefones:

Aglomerações em Comércios: 9 8467-0481
Aglomerações Civis: 190 ou 9 9984-9868
Saiba o que pode e o que não pode no novo decreto:

https://www.maracaju.ms.gov.br/portal/noticias/0/3/4294/maracaju-volta-a-bandeira-vermelha-e-prefeitura-divulga-novo-decreto-municipal/

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: