Fumaça de incêndio na beira de rodovia causa acidente com 3 carretas

Fumaça de incêndio de grande proporção ocorrido nesta segunda-feira (3) causou acidente envolvendo três carretas transportando soja a granel no anel viário de Dourados, a 233 km de Campo Grande.

O fogo começou em propriedade rural que já foi palco de confrontos entre índios e seguranças de sítios e chácaras localizadas na margem do anel viário, no trecho entre o trevo com a MS-156 e a Avenida Guaicurus.

Sitiantes afirmaram que o incêndio foi causado pelos índios e se espalhou, atingindo área de pastagem e a vegetação na beira da estrada.

A fumaça cobriu a rodovia. Com pouca visibilidade, as três carretas bateram uma atrás da outra, espalhando soja na pista. Ninguém ficou ferido.

O comandante do Corpo de Bombeiros em Dourados, tenente-coronel Humberto José Sepa de Matos Filho, disse que equipes estão no local para controlar o fogo.
A área atingida pelo fogo pertence à família Iguma. A fazenda e outras propriedades menores localizadas na beira da estrada estão na mira dos índios desde 2016. Alguns sítios estão invadidos e outros sofrem ameaças constantes de ocupação.

No dia 3 de janeiro de 2020, confronto entre os índios e seguranças contratados pelos proprietários deixou vários feridos. Um segurança levou tiro, um índio foi espancado e um adolescente indígena perdeu parte da mão ao pegar uma bomba de gás que teria sido jogada pela polícia para tentar controlar o conflito.
Campo Grande News

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: