anuncio
Primeiro trimestre de 2021 gerou mais empregos formais que todo o ano de 2020 em MS

Mato Grosso do Sul teve geração de 15.850 novos empregos formais nos 3 primeiros meses de 2021. O resultado supera todo o ano de 2020, que fechou com a criação de 12.814 postos de trabalho. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (28) pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia.

Conforme os dados, somente em março houve a ampliação de 5.152 pessoas trabalhando com carteira assinada no Estado. O número positivo vem de sequência de duas altas: janeiro (3.666) e fevereiro (7.032).

Em comparação com o 1º trimestre do ano passado, quando foram registrados 7.548 novos empregos, o aumento é superior a 100%. Isso porque, em 2020, houve uma quebra de altas a partir de março, com o início da pandemia. Assim, foram três meses seguidos de queda, resultando na extinção de 11.247 postos de trabalho.

Setores que mais contrataram
O Caged mostra que o setor de serviços foi o que mais contratou em março deste ano. Foram 2.555 novos postos de trabalho, praticamente metade dos novos empregos criados no mês. Os destaques do segmento são contratações no setor de transporte de cargas e na área da saúde, que viveu momento delicado com o mês mais letal da pandemia.

Já, o comércio varejista, também contratou mais que demitiu, fechando o mês com saldo positivo de 958 novas vagas abertas de trabalho.

A agropecuária também apresentou resultado positivo, com criação de 798 postos de trabalho. Os que mais contrataram foram lavouras temporárias e atividades de apoio à agricultura.

O setor industrial de MS registrou abertura de 574 empregos com carteira assinada, sendo a maioria para a produção de biocombustível.

Por fim, a construção civil teve saldo positivo de 267 novos postos de trabalho.
Midiamax

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: