Encontrada carbonizada em canavial foi morta por esganadura e estuprada por dois

Aliana Dias dos Santos de 41 anos encontrada morta em meio a um canavial foi assassinada por esganadura e estuprada por dois homens. Ela estava desaparecida há dois dias quando o corpo foi localizado por funcionários que tentavam apagar as chamas no canavial.

Informações são de que Aliana foi estuprada pelos dois autores depois de ter sido assassinada por esganadura. Um dos autores já está preso e o outro é procurado pela polícia. Ela estava desaparecida desde o último sábado (17) às 19 horas, e quando encontrada estava com as roupas íntimas abaixadas na altura do joelho. O filho de Aliana fez o reconhecimento do corpo.

Ainda segundo informações, um macaco hidráulico foi localizado ao lado do corpo, o que teria sido usado para desferir uma pancada na cabeça. A vítima estava com afundamento de crânio. Um carro foi visto na região momentos antes do fogo se espalhar no canavial e o corpo da mulher ser encontrado por funcionários de uma empresa sucroalcooleira.

Alvorada Informa

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: