Bolívia mantém fronteira com Brasil fechada por mais 7 dias

A fronteira do Brasil com a Bolívia permanecerá por mais 7 dias a contar desta sexta-feira (9). A prorrogação foi anunciada pelo vice-ministro de Comércio Exterior e Integração, Benjamin Blanco como forma de reduzir casos de covid-19, sobretudo da variante P1, de origem brasileira.

O país vizinho fechou a entrada da cidade para o Brasil no dia 2 de abril e a medida estava em vigor até hoje, mas com o crescente número de casos a decisão de fechamento foi prorrogada.

“Após rever as diferentes avaliações da evolução epidemiológica na fronteira, decidiu-se pelo fechamento por mais sete dias por meio da Resolução Multiministerial ”, disse Benjamin Blanco. .

Segundo o site Diário Corumbaense, o coronel Franklin Villazon, de Puerto Quijarro, que faz fronteira com Corumbá afirmou que continuarão com a fiscalização.

“Vamos seguir com a fiscalização aqui no posto fronteiriço. A Polícia Boliviana é responsável pela fiscalização nesses novos sete dias, com prazo contando desde esta sexta-feira (09) e indo até a próxima quinta-feira”, disse o coronel.

Com o fechamento, a passagem de pessoas e veículos ficará aberto por três horas por dia, das 9h às 12h, mas apenas para moradores de Corumbá e Ladário, em Mato Grosso do Sul, e de Puerto Quijarro e Puerto Suárez, na Bolívia. O tráfego de cargas também é permitido.

“A Polícia Boliviana tem a tarefa de controlar o acesso nessa região. Logo após essas três horas de flexibilização, a fronteira fica fechada até o dia seguinte. Serão exigidos documentos de identidade, comprovando que essas pessoas são moradoras da área de fronteira dos dois países”, explicou o comandante

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: