Governo do Estado dá início a implantação da Estrada do Taquari, ligando Pantanal do Paiaguás à Nhecolândia

O Governo do Estado deu início às obras de implantação da Estrada do Taquari. A obra, com investimento de R$ 24 milhões, compreende 54 quilômetros de cascalhamento que liga a MS-423 a Ponte do Taquari. O trecho ligará o Pantanal do Paiaguás ao Pantanal da Nhecolândia, cortando assim a região Pantaneira de Corumbá, Rio Verde e Coxim, servindo no escoamento pecuário e turístico da região.

A MS-423 tem acesso pela BR-163, entre os municípios de Rio Verde e Coxim, região norte do Estado. A obra inicia no quilômetro 90 desta rodovia já no município de Corumbá.

Fortalecendo e promovendo o desenvolvimento do Estado, os investimentos em estradas e rodovias vai melhorar significativamente a logística e escoamento da produção, tráfego dos veículos e qualidade de vida da população.

Para o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, uma obra desta extensão tem uma grande importância socioeconômica. “É uma iniciativa que irá transformar a realidade do produtor pantaneiro e mais do que isso vai alavancar a economia local, gerando emprego e renda, potencializando o setor produtivo da região”.

Por determinação do governador Reinaldo Azambuja, a Agesul projeta interligar por rodovias os pantanais da Nhecolândia, Nabileque, Taquari e Paiaguás, criando um corredor para a produção e escoamento da pecuária e fomento do turismo. Serão implantados 680 quilômetros de estradas primárias elevadas (para contenção de enchentes), com pontes e galerias de concreto, incluindo a ligação da MS-243 com o Forte Coimbra, a partir da BR-262.

Governo Presente

A obra de implantação da Estrada do Taquari faz parte do pacote de investimentos do Governo Presente, que até o final de 2022 irá contemplar os 79 municípios do Estado com investimentos de R$ 4,284 bilhões nas mais diversas áreas, em especial, infraestrutura.

Entre implantação, pavimentação e manutenção de estradas e rodovias, o pacote prevê mil quilômetros de rodovias que serão pavimentadas, 800 quilômetros de rodovias que serão reconstruídas e revitalizadas e fazer as ligações das estradas, principalmente, das regiões pantaneiras.

Manutenção

Como parte do contrato de manutenção anual, essa semana terão início as obras de manutenção da MS-215, que serão 100 km de cascalhamento, trecho que liga Pedro Gomes ao Rio do Peixe, na divisa do Estado de Mato Grosso do Sul com Mato Grosso e, a MS-217, que serão 67 quilômetros de cascalhamento, trecho que liga a BR-359, no município de Alcinópolis até o Rio Taquari, também na divisa do Estado de Mato Grosso do Sul com o Mato Grosso.

Também terá início essa semana a raspagem da MS-423. Serão 90 quilômetros de manutenção, partindo da BR-163, no município de Rio Verde.
Segov

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: