Desovado às margens de rodovia, homem de 50 anos foi morto com tiro na cabeça em MS

A Polícia Civil identificou o homem encontrado morto na manhã desta segunda-feira (05), às margens da BR-262, em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande. João Vezetiv, de 50 anos, foi assassinado com um tiro na cabeça. Anteriormente a identificação de João, havia a suspeita que o corpo fosse o de um homem executado em Sidrolândia, no entanto, foi descartada a hipótese.

Isso porque, de acordo com a Polícia Civil, a esposa de João procurou a delegacia para registrar o desaparecimento do homem, que teria saído de casa por volta das 19 horas de domingo (04) e não retornou mais. Na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), ela reconheceu o corpo de João.

A mulher contou que o casal veio de São Paulo e estava junto há um ano e quatro meses. Ela ainda revelou que pelo fato de João ingerir bebidas alcoólicas e usar crack, ficava por dias fora de casa.

A Polícia Civil esclareceu que o homem foi assassinado com um tiro na cabeça e o corpo desovado até o local onde foi achado, às margens da BR-262, em Três Lagoas.

Corpo em Sidrolândia “desaparecido”

A Polícia Civil em Sidrolândia investigava um suposto homicídio ocorrido na tarde de domingo (04) e não encontrou o corpo, suspeitando assim, que o homem encontrado em Três Lagoas na manhã de segunda-feira (05), pudesse ser a mesma vítima. No entanto, pelas características e informações levantadas, são pessoas diferentes.

No local do homicídio em Sidrolândia, a polícia encontrou uma poça de sangue, mas não encontrou o corpo. Testemunhas teriam dito que viram quando o autor parou com uma camionete S10 e jogou o corpo da vítima na carroceria indo embora em seguida. As investigações de ambos os casos continuam.

Midiamax

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: