Alunos da Rede Estadual de Ensino retornam às aulas remotas na segunda-feira

As aulas da REE (Rede Estadual de Ensino) serão retomadas na próxima segunda-feira (05). Com o fim do decreto estadual que proibia atividades escolares os alunos voltam a ter aulas remotas do ano letivo 2021. As aulas começaram no dia 10 de março, mas foram suspensas por conta do avanço da pandemia da covid-19 em Mato Grosso do Sul.

Ao todo, mais de 194 mil estudantes matriculados em 347 unidades de ensino da REE voltarão às aulas de forma não presencial.

De acordo com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) os alunos só vão voltar a ter aula nas unidades escolares quando a ciência determinar que é seguro. Mato Grosso do Sul aderiu a um pacto nacional com outros 22 estados para diminuir o número de contaminações da doença.

A secretária Maria Cecília Amendola da Mota afirmou que 17 mil turmas escolares estão no Google Class. Aulas serão transmitidas pela TVE e os alunos que não tiverem acesso à internet terão disponíveis material impresso. Além disso, haverá a disponibilidade do uso da sala de informática da escola para quem não tem conectividade em casa, quando necessário.

Entre março e dezembro do ano passado, as aulas foram realizadas com o apoio de diversos recursos, como aplicativos de parceiros como Google e Microsoft, além da distribuição de atividades impressas para os estudantes sem conectividade.

REME – Os alunos da REME (Rede Municipal de Ensino) estão em aula remota desde o dia 29 de março. Por conta do feriado, eles tiveram três dias letivos e voltam às atividades também na segunda-feira.

O Decreto municipal n. 14.613, publicado no Diogrande do dia 4 de fevereiro, prorrogou o prazo de suspensão das aulas presenciais em todas as unidades da REME até o dia 1º de julho de 2021.

Até lá, o atendimento remoto é feito aos estudantes com utilização de plataformas tecnológicas, internet, televisão, rádio e os cadernos de atividades impressos.

As aulas vão continuar disponíveis, por meio da TV Reme (canal 4.2 da TVE e Youtube), Rádio Reme (aplicativo) e outros meios utilizados pelos professores e pelas unidades escolares (aplicativos de conversa com vídeos e áudios), conforme a necessidade de adaptação de cada turma.

Caso o aluno não tenha acesso à internet, será disponibilizado o caderno-base da Reme, com subsídios iniciais básicos, a partir dos conteúdos desenvolvidos em cada ano, de forma contínua ou complementar ao ano letivo de 2020.

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: