Mudanças em cargos selam aliança de Reinaldo e Marquinhos rumo a 2022

No início da próxima semana, Governo do Estado e Prefeitura de Campo Grande vão promover mudanças no secretariado. As ações de remanejamento de cargos selam a aliança entre Reinaldo Azambuja (PSDB) e Marquinhos Trad (PSD) para as eleições de 2022 e mostram harmonia entre os dois chefes dos Executivos.

Com a confirmação do secretário especial de governo Carlos Alberto de Assis para diretor-presidente da Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul) abre-se vaga para comportar aliados políticos. A posse de Assis está prevista para ser realizada a partir do dia 11 de abril.

A vaga dele no governo será destinada ao vereador João César Mattogrosso (PSDB). O parlamentar em segundo mandato deve assumir uma secretaria especial já de olho na campanha de 2022 para disputa como deputado.

No lugar dele, na Câmara Municipal, quem assume é o suplente, vereador Ademir Santana (PSDB). A posse de Ademir também está programada para a próxima semana. “Esta tudo meio conversado, mas só posso falar após assumir a cadeira”, revelou.

No Executivo municipal abre-se espaço para Claudinho Serra (PSDB) na Funesp (Fundação Municipal de Esportes).

O atual diretor-presidente  da Funesp Rodrigo Terra vai para a Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia ) que é  ocupada pelo secretário Herbet Assunção.

A última troca será para dar vaga   ao ex-vereador Odilon Junior (PSD) na função de diretor-presidente da Agereg (Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos) . “O Marcos me convidou há duas semanas. Não tem nada definido por enquanto porque a pandemia piorou”, desconversou.

Campo Grande News

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: