Augusto Nunes: ‘Hoje é um dia triste para a Justiça brasileira’

Por 3 votos a 2, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) declarou em julgamento ontem, terça-feira, 23, que o ex-juiz federal Sergio Moro agiu com parcialidade ao condenar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do tríplex do Guarujá. Ao comentar a decisão da Corte brasileira, durante o programa Os Pingos nos Is, o jornalista Augusto Nunes afirmou o seguinte: “Hoje é um dia triste para a Justiça brasileira”. Segundo o colunista da Revista Oeste, os ministros que votaram pela suspeição de Moro sabem que suas decisões foram apoiadas em provas ilegais; entretanto, optaram por persistir na tese favorável ao petista. “É um material ilegal. Não pode ser levado em consideração em processo algum”, afirmou o jornalista. “Estão conseguindo tornar suspeito o juiz que liderou a mais produtiva operação de combate à corrupção da história”, concluiu.

 

Revista Oeste

(Imagem: Augusto Nunes reprovou a decisão da Segunda Turma do STF | Foto: Reprodução/YouTube)

 

 

 

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: