Novas eleições em Sidrolândia dia 11 de abril poderá ser marcada por ausências dos eleitores devido pandemia

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) agendou para dia 11 de abril para a eleição suplementar em Sidrolândia, para escolha dos novos prefeito e vice-prefeito do município, mas isso pode ser marcado como uma das eleições com índice de AUSÊNCIAS DOS ELEITORES maiores e m toda a historia política do município.

Sidrolândia, bem como o país, entrou em uma das piores fases da pandemia do COVID-19, um exemplo claro disso é o único hospital da cidade, bem como a própria capital, estarem com leitos para o tratamento da doença, em estado de superlotação em uma nova cepa e sem leitos, os especialistas defendem mais medidas e até lockdown ‘pra ontem’ em todo o Mato Grosso do Sul.

Infectologista da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) e professor da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Julio Croda explica que a situação do Estado é crítica, com a taxa de ocupação geral de leitos SUS em 90%. “Se manter o ritmo de aumento de casos, entraremos em colapso. É preciso tomar medidas mais restritivas”, diz o especialista.

Confira as principais datas do calendário para a Eleição Suplementar de Sidrolândia:

a) 05 a 11/03: convenções partidárias (total 07 dias);

b) 14/03: último dia para registro das candidaturas;

c) 15/03 a 10/04: início e término da propaganda em geral, salvo rádio e TV;

d) 20/03 a 08/04: início e término da propaganda no rádio e TV;

e) 11/04: dia da eleição;

f) 16/04: último dia para entrega da prestação de contas;

g) 29/04: último dia para o julgamento das contas;

h) 30/04: último dia para a diplomação dos eleitos;

i) 1º / 05: posse dos eleitos.

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: