MP denuncia e homem que matou a ex com 17 facadas em Maracaju vira réu por feminicídio e ameaça

Já é réu por ter matado a ex-esposa com 17 facadas, em Maracaju, E. M. F., de 30 anos. A Justiça acatou a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) e agora ele responde a processo por feminicídio qualificado pelo motivo fútil, meio cruel, recurso de que dificultou a defesa da vítima, e também pelo crime de ameaça.

E. M. F. confessou ter matado Ivanir Rodrigues Antunes, de 32 anos, no sofá da casa dela. Segundo a polícia, ele falou que estava sob efeito de drogas, que discutiu com a ex e que tinha intenção de reatar o relacionamento. Disse ainda que havia perdido a cabeça e que estava arrependido.

Segundo testemunhas, depois de falar que tinha esfaqueado a ex, Elton ainda deu mais golpes nela. Após isso, ele pulou o muro da casa e fugiu dirigindo o próprio veículo, sendo preso quando chegava em Sidrolândia, cidade vizinha a Maracaju. Ele tentou evitar a prisão e houve perseguição. No carro estava também um amigo dele.

E. M. F. teve o flagrante convertido em prisão preventiva, com base na garantia da manutenção da ordem pública. Ele continua preso.

Fonte: G1

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: