Estreia de time douradense ‘em casa’ na série A depende de liberação do Douradão

A estreia do DAC (Dourados Atlético Clube) na série A do Campeonato Estadual Sul-mato-grossense, no próximo domingo (28), depende da liberação provisória da 10ª Promotoria da do MPE (Ministério Público Estadual) em Dourados.

Isso porque o Estádio Frédis Saldivar, o Douradão, local para onde a realização da partida está marcada, não tem ainda autorização para receber o jogo. Não há laudos técnicos de Corpo de Bombeiros, Polícia Militar ou Vigilância Sanitária. Esse impasse independe da presença de público, que está proibida por conta da pandemia de coronavírus.

“Estamos tentando essa liberação junto à 10ª Promotoria do Ministério Público, como aconteceu na série B, para garantir a realização do jogo em tempo. Esses laudos detalhados ainda estão sendo elaborados, então seria uma liberação pontual para garantir a partida”, explicou o diretor presidente interino da Funed (Fundação de Esportes de Dourados), Antônio Carlos Barbosa.

Na manhã desta quarta-feira (24), a reportagem do Dourados News esteve no local e percebeu alguns funcionários que trabalhavam na limpeza de cabines de rádio. Em uma partida, mesmo sem público, são cerca de 80 pessoas envolvidas na realização.

“Hoje temos como garantir a segurança dos envolvidos na partida, o estádio passou por algumas melhorias e isso garantiu os jogos da série B, por exemplo. Então aguardamos o mesmo critério para a série A”, disse o diretor presidente interino da Funed.

A resposta do MPE autorizando ou não a realização do jogo é aguardada ainda para esta quarta-feira.

O DAC garantiu vaga na série A do Estadual após empate com o time do Três Lagoas, em partida do último domingo (21), realizada no Douradão. A alternativa caso a estreia não possa acontecer no estádio, conforme informou Barbosa, seria transferir o jogo para o Estádio Ninho da Águia, em Rio Brilhante.

O CAMPEONATO

A primeira divisão do Campeonato Sul-mato-grossense terá 10 equipes divididas em dois grupos jogando em turno e returno dentro das chaves. Os três melhores de cada lado se classificam e formam um grupo único, também disputado em dois turnos. Aquele com maior número de pontos no final será o campeão.

Já os dois piores times de cada chave na primeira fase são rebaixados para a Série B. No grupo ‘A’ estão Dourados, Águia Negra, Aquidauanense, Operário e Novo de Campo Grande. Os representantes da capital, Comercial e União ABC se somam a Três Lagoas, Costa Rica e Serc Chapadão no grupo ‘B’.

Dourados News

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: