Riedel diz que novo 1º escalão depende de governador e vários nomes são cotados

“A nomeação do secretário é um ato exclusivo do governador ele é quem vai definir no tempo dele”. A fala é do atual secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, sobre um substituto para a vaga que ele ainda ocupa no primeiro escalão do governo estadual. Na manhã de hoje, Riedel esteve na Câmara Municipal de Vereadores de Campo Grande para acompanhar a primeira sessão dos parlamentares.

À imprensa, Riedel disse que o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) está em conversa com vários nomes e que assim que for definido, o próprio governador vai anunciar, mas que ainda não sabe quem vai ficar no seu lugar em uma eventual saída. “Não tem quem vai ficar no lugar. E se eu for, também é uma decisão dele”, completou.

Troca-troca – Eduardo Riedel é cotado para comandar a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra). Desde a exoneração do vice-governador, Murilo Zauith, no dia 11 de janeiro, o posto está vazio. Como Riedel é o eventual candidato do PSDB ao governo em 2022, seria a oportunidade para maior visibilidade pelos próximos dois anos.

No entanto, Riedel diz que a mudança na secretaria se trata de uma reestrutura natural que a cada dois anos tem. “São R$ 4 bilhões de reais em obras do pacote Governo Presente, então alguém tem que ir para a Seinfra executar”, declara.

 

 

CAMPO GRANDE NEWS

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: