Riedel aponta Porto Murtinho como ‘ponto fundamental’ para exportações de MS

A criação da Rota Bioceânica traz inúmeras oportunidades para a economia sul-mato-grossense, sendo a cidade de Porto Murtinho – localizada a 431 km de Campo Grande – um dos principais eixos para as exportações do Estado para fora do país. Quem aponta isso é o secretário estadual de Governo, Eduardo Riedel.

Cotado também para assumir o posto de secretário de Infraestrutura e já alçado pelo PSDB como candidato a sucessão de Reinaldo Azambuja (PSDB) no Governo do Estado em 2022, Riedel destaca a cidade à beira do Rio Paraguai como fundamental no projeto de expansão e desenvolvimento da economia local atualmente.

“A modernização da região sudoeste de Mato Grosso do Sul passa por um ponto muito importante, que é a Rota Bioceânica. Neste sentido, Porto Murtinho é fundamental como importante polo de exportação dos nossos produtos”, frisa o secretário.

O líder tucano ainda destaca que qualquer obra em Mato Grosso do Sul tem o intuito também de gerar mais desenvolvimento para o Estado e ativação econômica, sendo a prioridade atual do governo tirar do papel os investimentos planejados.

“Fizemos o dever de casa e agora estamos executando. Lembrando que muita coisa já foi feita, mas temos recursos importantes, projetos e planejamento para executar os serviços que são prioridade para fazer o Estado crescer e se desenvolver mais”, diz.

Além disso, Eduardo Riedel vê Mato Grosso do Sul atingindo escalões diferentes da economia a partir do trabalho realizado no setor estrutural, dando condições para o setor privado se instalar aqui. Nosso Estado terá legado importante e será alçado a outro patamar de desenvolvimento”, conclui.

Visita ao Interior – Riedel está nesta tarde visitando Porto Murtinho junto ao governador Reinaldo Azambuja para entrega de obras na cidade, como já ocorreu pela manhã do outro lado do Estado, em Costa Rica. Lá, foram feitas vistorias em ruas e casas construídas com recursos estaduais.

Também em Costa Rica, foi entregue a obra da rodovia MS-223, que 61 km de sua extensão asfaltados. A melhoria, que liga diretamente Figueirão e Costa Rica, vai encurtar distâncias no Estado e atender uma demanda antiga da economia local.

“Já estive duas vezes visitando esta obra e podemos constatar a qualidade do que foi construído. Estes investimentos vão trazer desenvolvimento para região Norte, o que mostra que esta gestão é municipalista, sempre primando pela eficiência”, opinou Riedel. Amanhã (11), após o almoço, ele deve seguir para Jardim e Guia Lopes da Laguna.
Campo Grande News

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: