‘Diz estar arrependido e que perdeu a cabeça’, fala delegada sobre homem que matou a ex com 17 facadas

Além de confessar “friamente” ter matado a ex-esposa a facadas na manhã de sexta-feira (07), em Maracaju, E. M. F., de 30 anos, também disse à polícia que se arrepende do crime. “Ele diz estar arrependido, que perdeu a cabeça porque estava sob efeito de drogas e álcool”, conta a delegada Gláucia Fernanda Valério, responsável pela investigação do caso. A Justiça converteu o flagrante dele em prisão preventiva.

Conforme a delegada, E. M. F. falou que foi até a casa da técnica de enfermagem Ivanir Rodrigues Antunes, de 35 anos, para conversar com ela. No entanto, eles acabaram discutindo e ele pegou uma faca na própria residência da vítima e a matou.

“Essa é a versão dele. Ainda vamos ouvir amigos e familiares, que estão bem abalados com a situação. Estamos investigando a motivação e se foi planejado”, resume Gláucia.

A delegada disse também que a necropsia confirmou que Ivanir foi morta com 17 facadas. “A maioria dos golpes no pescoço e na nuca”. Ela não tinha lesões de defesa. “Mostra que foi um crime de ódio. Que estava com muita raiva”.

Crime

A técnica de enfermagem foi morta no sofá da residência onde morava sozinha. Naquele dia, um casal dormia em um dos quartos e foi avisado pelo próprio suspeito que ele havia matado Ivanir. Segundo as testemunhas, depois de falar que tinha esfaqueado a ex, Elton ainda deu mais golpes nela.

Ele pulou o muro da casa e fugiu dirigindo o próprio veículo, sendo preso quando chegava em Sidrolândia, cidade vizinha a Maracaju. Ele tentou evitar a prisão e houve perseguição. No carro estava também um amigo dele.

Não há registros de violência doméstica entre o casal. No entanto, E. M. F. era acusado de homicídio ocorrido em 2011, também em Maracaju.

Fonte: G1

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: