Preso um dos bandidos que parou carro-forte com bombas em assalto milionário

A polícia paraguaia prendeu nesta segunda-feira (1º), um dos suspeitos de participar do assalto milionário a empresa Mbarete Porã, na última quinta-feira (28), no distrito de Juan Emilio O’Leary, no departamento de Alto Paraná, no Paraguai. O grupo lançou bombas contra o carro-forte e usou submetralhadoras e fuzis para o roubo milionário de R$ 1,2 milhão.

Foi preso Aníbal Ramirez Gonzales em uma propriedade rural, ele deve ser apresentado as autoridades nesta terça-feira (2). No local os policiais encontraram maconha, cerca de sete quilos e cocaína. Também foi localizada munições que teriam sido usadas no assalto, como uma munição de calibre .50. Outras várias munições usadas no crime foram apreendidas, segundo o site ABC Color.
O carro-forte abordado pelos criminosos foi parado com a explosão de uma bomba lançada o que acabou parando o veículo devido a problemas mecânicos, e foi nesse momento que o grupo fortemente armado com submetralhadora fez vários disparos contra o blindado que ficou cravado de balas depois dos projéteis atravessarem a lataria do veículo
Ao mesmo tempo em que o carro forte era atacado, uma delegacia nas proximidades foi cercada e os policiais encurralados por outra parte do grupo que atirava contra o prédio para que não pudessem reagir. Cerca de 10 criminosos teriam participado da ação.

Eles também utilizaram fuzis para intimidar os agentes que faziam o transporte dos valores no carro-forte. Eles levaram cerca de R$ 1,2 milhão. Centenas de cápsulas de vários calibres de fuzis e da metralhadora ficaram espalhados nas proximidades onde ocorreu o ataque. Depois da fuga, os criminosos incendiaram um dos carros em uma plantação de cana.

Os bandidos estão sendo procurados e do Grupo de Operações Especiais da Polícia Nacional do Paraguai e de outras forças especializadas de segurança estão realizando ações na fronteira na região de fronteira entre o Paraguai, o Brasil e a Argentina na tentativa de localizar o bando que aparentemente é formado em sua maioria por brasileiros.
Midiamax

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: