anuncio
Com aumento do consumo, preço do leite teve reajuste de 41% em dezembro

O aumento do consumo e o pagamento do auxílio emergencial fizeram com que o preço do leito subisse para R$ 1,81 por litro em dezembro de 2020, alta 41% comparado ao mesmo período no ano anterior, conforme os dados da Cepea/ Esalq.

No primeiro semestre de 2020, o mercado de lácteos foi impactado de forma negativa, com a pandemia e a estiagem em alta. Em julho o preço do litro de leite teve reajuste de 18,58% para o consumidor e provocou queda nas importações.

De acordo com o zootecnista, Juliano Bastos, da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), a melhora do consumo dos lácteos ajudou na recuperação do mercado.

“Impactado negativamente no primeiro semestre, com as medidas de combate à pandemia, esse consumo teve recuperação no segundo semestre, com o pagamento do auxílio emergencial; aquecimento confirmado quando se observa o resultado da balança comercial”, explica o analista técnico.

A média anual para o Estado do preço do litro do leite em 2020 foi de R$ 1,54, aumento de 29,3%. No entanto, para o produtor ainda sente o aumento do preço dos insumos para a produção do leite e seus derivados.

“Em 2020, para aquisição de um saco da mistura de milho e farelo de soja, foram necessários o equivalente a 42,8 litros de leite, variação de 21% a mais que em 2019”, explica Juliano.
Campo Grande News

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: