Ao contrário do planejamento, 45% preferem ensino presencial para 2021

No sentido oposto a decisão da prefeitura de Campo Grande com relação às aulas municipais, que serão 100% online neste ano, maior parte (45%) dos leitores que responderam enquete defendem a volta do ensino totalmente presencial para 2021.

“Gente, tem criança que não tem computador e nem sabe ler e escrever”, questiona uma leitora. Para ela e alguns outros, é inviável fazer com que estudantes analfabetos consigam realizar atividades em casa.

Apesar disso, a segunda opção mais votada é a do ensino remoto, com 33% de votos, enquanto a menos popular é a híbrida, com 22%. Essa última pode ser definida como uma mescla entre as duas, de forma a haver disciplinas que devem ser feitas na presença dos alunos, junto a outros conteúdos distribuídos virtualmente.

“A minha filha concluiu os estudos no ano passado pelas apostilas que peguei na escola, não tenho nem um problema em buscar na escola e colocar ela pra fazer”, defende uma mãe.

A educação estadual está prevista para 1° de março, com 215 mil vagas para 345 estabelecimentos escolares. A ideia é que continue também de forma online, mas tenha um retorno gradativo a modalidade presencial.
Campo Grande News

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: