Sem previsão de ter mais vacina, Reinaldo pede cuidados redobrados

O governador revelou que de ontem para hoje, 18 pessoas foram levadas pela covid-19 e 2.723 famílias que perderam seus entes queridos durante a pandemia. “Por isso, é muito importante permanecermos vigilantes uso de máscaras, mantendo os cuidados que nós temos. A pandemia não acabou. Tivemos um aumento exponencial dos casos desse vírus pelas aglomerações, pelas reuniões de novembro e dezembro”.

O chefe do Executivo estadual lembrou que ainda não há previsão de quando a população estará toda vacinada e poderá, portanto, voltar à vida normal. “Hoje, nem que nós queiramos, tem vacina. Nem se você quiser comprar, o laboratório não consegue te entregar. Então, o Ministério da Saúde está capitalizando isso e fazendo a distribuição, que nós sempre defendemos, que fosse pelo PNI (Programa Nacional de Imunização)”.

Reinaldo afirmou que todos os governadores estão trabalhando conjuntamente em conseguir mais vacinas o quanto antes. “Nós estamos muito empenhados, nós os governadores do Brasil, para a liberação desse lote lá do Instituto Butantan, as 4 milhões de doses, e para que se fabrique no Brasil e se registrem, as outras vacinas também disponíveis no mercado para que a gente possa ampliar esse leque”.

O governador aproveitou para agradecer aos integrantes das forças de segurança e da Saúde envolvidos na distribuição das 158 mil doses da CoronaVac enviadas a Mato Grosso do Sul, que em menos de 24 horas estavam nos municípios. “Foi uma integração que deu resultado. Mato Grosso do Sul deu exemplo aos Brasil de uma logística e de uma distribuição, da efetividade de começarmos a imunizar”.

Campo Grande News

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: