Idosos em asilos, indígenas e profissionais da saúde serão primeiros a receber vacina contra Covid em MS, afirma secretário

Antes de embarcar rumo à São Paulo, neste domingo (17), o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, afirmou que idosos residentes em institutos de longa permanência (ILP), indígenas e servidores da saúde que trabalham diretamente no combate à Covid-19 serão os primeiros grupos a serem vacinados em Mato Grosso do Sul, com as doses da primeira remessa.

Ao todo, a secretaria estadual de Saúde (Ses), em primeira remessa, receberá 97 mil doses da vacina contra a Covid-19, CoronaVac. O avião do governo do estado, embarcará os imunizantes amanhã, às 7h (hora de Brasília).

Após receber as vacinas em cerimônia simbólica em São Paulo, a Ses informou que os imunizantes serão trazidos por uma aeronave da força Aérea Brasileira (FAB) ao solo sul-mato-grossense. O secretário afirmou que as vacinas podem ser distribuídas para todos os 79 municípios de MS em 24 horas, ou em até 48 horas.

“Nosso plano é audacioso. Estamos muito alinhados para iniciar a vacina às 10h na quarta-feira conforme combinado com o Ministério da Saúde. Nós temos um plano de distribuição dessas vacinas em 24 horas ou, no máximo, em 48 horas. Certamente vai ser destinado a todos os municípios do Estado”, afirma Resende.
A Ses informou que em Mato Grosso do Sul, a chegada dos imunizantes, sem horário definido, será no aeroporto internacional de Campo Grande. Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal farão a escolta do caminhão até o pátio da coordenação estadual de Vigilância Epidemiológica (Ceve). Depois, a distribuição será feita pelas forças estaduais.

Em entrevista, o secretário informou que ainda estão estudando quem será a primeira pessoa a receber o imunizante em Mato Grosso do Sul. “Estamos vendo quem será a primeira pessoa a ser vacinada em Mato Grosso do Sul. Talvez será um idoso de algum ILP ou um funcionário do Hospital Regional de MS, este que se demonstrou referência no combate ao vírus no nosso estado”.
G1

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: