Após pouso de “balões satélites” na região Google diz que são satélites monitorados e pousos controlados

Pouso de dois balões foram registrados em MS em menos de uma semana em fazendas no interior

Monitorados 24 horas por dia e sete dias por semana, a Google, informou que os dois pousos dos balões satélite que aconteceram em Mato Grosso do Sul em menos de uma semana foram controlados para que não haja risco aos moradores das regiões.

Segundo nota enviada pela empresa, a Loon é quem faz o controle dos balões que levam equipamentos de transmissão de internet que caíram em duas fazendas do Estado. O primeiro no dia 7 de janeiro em Paraíso das Águas e o segundo, ontem (13) em Anaurilândia.

“Podemos confirmar que a Loon executou uma aterrissagem controlada de um de nossos balões. Os pousos foram feitos de maneira segura e protegida em coordenação com os oficiais do controle de tráfego aéreo local com base em protocolos estabelecidos”, explicou a empresa em nota.

Queda do segundo balão foi registrada ontem em Anaurilândia. (Foto: StratoCat/ Twitter )

O pouco é programado e feito de forma controlada para que não ofereça riscos à população.

“Em nenhum momento representou um risco para a população local ou para a vida selvagem. Uma equipe de recuperação do Loon foi enviada ao local de pouso e o balão foi coletado para análise e reciclagem.”, diz a empresa.

Ainda segundo a empresa, os balões são monitorados por engenheiros de voo de forma ininterrupta e a todos eles tem links de comando e são rastreados por GPS. Por minuto são enviadas a base aproximadamente 2.000 verificações de cada um que informam quando é o momento certo para pousar um balão.

“Quando o balão está pronto para pouso, o gás que mantém ele no ar é liberado e o paraquedas aberto automaticamente. Eles são feitos com coordenação do controle de tráfego aéreo local e depois recolhido por equipes de recuperação especialmente treinadas.”, finaliza a nota.

Primeiro equipamento “caiu” dia 7 de janeiro em Paraíso das Águas. (Foto: BNC Notícias)

 

Fonte: Campo Grande News

Siga nossa página no Instagram: instagram.com/plantaoregional

Siga nossa página no Facebook: fb.com/plantaoregionalms

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: